MINISTÉRIO PÚBLICO VAI "BALANÇAR O LIMOEIRO"

A pedido do Ministro Ayres Brito, que se deu em razão de matérias veiculadas na mídia dando conta de que algumas doações realizadas na eleição de 2008 teriam altrapassado o limite legal, o Ministério Público Federal determinou aos procuradores eleitorais em cada Tribunal Eleitoral que reunissem os procuradores eleitorais de cada zona eleitoral das cidades e dessem instruções para promover a quebra do sigilo bancário e fiscal dos maiores doadores em cada campanha de prefeito e vereador.
No Paraná a reunião já se realizou e o promotor de cada comarca já está devidamente instruído de como proceder, primeiramente requerendo a quebra do sigilo fiscal e aferindo o regular lançamento da doação e depois conferindo com movimentação bancária para conferir se o dinheiro passou pela conta do doador.
O curioso é que o próprio TSE forneceu a lista dos maiores doadores em cada campanha eleitoral municipal. Ou seja, o promotor eleitoral local já tem os nomes do doador e do candidato, com o respectivo valor. Basta agora promover a investigação através da quebra dos sigilos fiscal e bancário.
Muita vela vai queimar.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder