OSMAR DIAS E O PT

A candidatura do Senador Osmar Dias tornou-se totalmente dependente do PT, ou seja, depende mais dos outros do que de si. Osmar é uma boa alternativa eleitoral para o PT, mas um mal negócio a longo prazo.
É pouco provável que o PT, que não conseguiu ficar por inteiro com Requião nem um único dia, possa ter uma boa convivência num eventual governo de Osmar Dias.
E as investidas de Requião para atrair o PT para uma aliança estadual com o PT, que vai se tornar objeto da mesa de negociações da aliança nacional PT/PMDB, somam-se a rejeição de setores do PT a Osmar Dias.
A isso tudo se soma o fato de que Beto e Alvaro já têm um entendimento.
A vida do Senador não será fácil, terá que ter uma imensa paciência, muito diálogo e jogo de cintura, o que não constituem suas melhores virtudes.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder