DEMISSÃO

O presidente da Copel, Rubens Guilardi, quase perdeu o cargo nesta semana. O motivo foi a resistência em entregar ao governador Roberto Requião (PMDB) a lista dos nomes e salários dos funcionários da Copel.

Requião quer a relação para publicar no site do governo estadual, mas o presidente da Copel se negou a entregar as informações. Requião ameaçou demiti-lo e exigiu a lista. Segundo fontes do governo, Guilardi chegou a ser exonerado, mas para não perder o cargo, acabou entregando a relação, que mostra supersalários na estatal.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder