IMPEDIDO

O governo do Estado está impedido de publicar os nomes e os vencimentos dos funcionários da Copel na internet. A lista está disponibilizada pela internet desde o dia 1º de fevereiro e provocou a reação de sindicatos de trabalhadores do estado que moveram seis ações com pedido de liminar no Tribunal Regional do Trabalho (TRT-PR), para impedir que o governo divulgue os nomes dos servidores. Cinco dessas ações já foram julgadas e, em todas, o tribunal acatou os pedidos, dando ganho de causa aos sindicatos.
 
A Justiça estipulou multas, que variam entre R$ 1 mil e R$ 10 mil por nome, caso a decisão não seja cumprida. Ao atrelar o nome dos funcionários aos salários, o governo teria violado a intimidade e a segurança dos trabalhadores.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder