ÓTICA DO REQUIÃO

Pessuti assumiu e trocou praticamente todas as pessoas mais ligadas a Requião. Fala-se até em constrangimentos que poderiam ser evitados. Delazari e Benedito poderiam ser avisados da demissão com antecedência e antes disso Pessuti não poderia ter sondado outras pessoas para seus lugares, como dizem que fez. O caso de PHX parece ter sido até mais emblemático, pois conta a lenda que foi surpreendido com o comunicado da sua substituição no Conselho da Sanepar só momento em que se iniciava assembléia da acionistas da empresa. Semeou-se muito ódio com isso.
Olhando a conjuntura sob a ótica do ex-governador só resta a ele a alternativa de impedir que Pessuti seja candidato, pois se agora já fez esse estrago todo imagine o que fará se eleito governador.
Daí é que já se cogita que Requião poderá levar o PMDB para um apoio, informal ou não, ao candidato do PSDB, coisa, aliás, que já tinha gente querendo na bancada estadual e federal do PMDB.
Eis o sonho de alguns: Osmar e Requião para o senado com o apoio, informal ou não, de Beto. O PT seria forçado a lançar um candidato próprio a governador.
Que loucura, heim ?

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder