BATEU

Os nervos começam a ficar à flor da pele na campanha. Prova disso é o governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), que agrediu ontem, com um tapa no rosto, um eleitor que o chamou de ladrão. O episódio foi presenciado por dezenas de pessoas no populoso bairro Aerorancho 2, na periferia de Campo Grande. Mas quem acabou levando a pior foi o montador de acessórios para automóveis Rodrigo de Campo Roque, 23 anos, morador do bairro, que apanhou e ainda foi dominado por policiais militares e levado para a delegacia. O delegado de plantão, Paulo Henrique Sá, lavrou boletim de ocorrência como sendo “injúria real contra o governador”.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder