PESO DE LULA NAS ELEIÇÕES DE GOVERNADOR

No dia 25.07, postei aqui duas notas sobre a pesquisa do Data Folha sobre a influência de Lula na sucessão dos governadores.
A primeira, sob o título NÃO TRANSFERE, com o seguinte texto: Os tucanos estão comemorando a falta de Influência de Lula na eleição estadual do Paraná. É o que revela o jornal Folha de São Paulo neste domingo. O Datafolha checou peso do apoio do presidente na eleição para governador e concluiu que o voto certo em candidato de Lula ficou em torno de 30% em MG, RJ e SP.
A segunda, com o título BAIXA, teve o seguinte texto: De oito estados, a influência nas eleições para governador do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que conta com 77% de aprovação popular, é maior em Pernambuco e na Bahia, e alcança o patamar mais baixo no Sul do país, no Paraná e no Rio Grande do Sul. As pesquisas foram encomendadas pela TV Globo e pelo jornal “Folha de São Paulo”. No Paraná, 30% rejeitaram votar em candidato do presidente. Como Osmar Dias (PDT) tem o apoio de Lula no Paraná, os tucanos têm esperança que se houver uma onda petista não deve pegar aqui no estado, o que deixaria Beto Richa numa posição confortável.
Agora as novas pesquisas vão surgindo e, de certa forma, confirmando os dados do Data Folha.
Em Minas Gerais Dilma subiu e Anastasia também. Em São Paulo, Dilma passou Serra e Alkmin nem se abalou, Mercadante segue sofrendo com pequena variação para cima.
NO Paraná, Dilma subiu extraordinariamente e Osmar não acompanhou. Ao contrário, quem sobe é Beto.
No Paraná a choradeira e os protestos com o descompasso entre a subida de Dilma e a posição de Osmar tem sido grande, sempre no sentido de colocar em dúvida a credibilidade de qualquer instituto que se atreva a cogitar que Osmar não acompanha Dilma.
Até o dia da eleição muita energia será desperdiçada.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder