Portaria coloca fim ao uso indevido de passaportes diplomáticos

Depois das denúncias de uso indevido do passaporte diplomático por políticos e familiares que não viajaram em missão oficial, foram confirmadas novas regras para o documento. O Diário Oficial da União (DOU) publicou hoje a portaria que restringe a emissão do passaporte diplomático e elimina o critério subjetivo que permitiu ao então ministro das Relações Exteriores Celso Amorim conceder o documento aos filhos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a dois dias do fim do mandato. Uma das medidas exige a publicação no DOU de cada novo passaporte diplomático emitido. Outra limita a validade do documento ao tempo de duração da missão no exterior, no caso de servidores nã o diplomatas.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder