Presidente da Câmara diz que mínimo é pouco

O presidente da Câmara dos Deputados e candidato à reeleição, deputado federal Marco Maia (PT-RS), deu uma cutucada no próprio governo do qual faz parte. Ele reconheceu hoje que o valor de R$ 540 “é pouco” para o salário mínimo. A medida provisória do governo que reajustou o salário mínimo tramita na Câmara e começa a ser debatida a partir de fevereiro, no início do ano legislativo. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que o Executivo tem caixa para elevar o valor do salário mínimo para R$ 545. As centrais sindicais e os aposentados querem um reajuste para R$ 580.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder