Pivô do mensalão diz que deputada recebeu dinheiro sujo

O pivô do escândalo do chamado “mensalão do DEM” do Distrito Federal, Durval Barbosa, afirmou que o dinheiro que ele entregou à deputada federal Jaqueline Roriz (PMN-DF) é “sujo”. Um vídeo divulgado no dia 4 de março pelo site do jornal “O Estado de S. Paulo” mostra Jaqueline Roriz (PMN-DF) e o marido dela, Manoel Neto, recebendo R$ 50 mil das mãos de Durval Barbosa. Ele afirma que “o dinheiro entregue a Jaqueline Roriz é oriundo das propinas dos contratos de informática do governo do Distrito Federal”. Segundo Durval, o dinheiro entregue a Jaqueline faz parte da propina dos contratos de informática de empresas com a Codeplan, presidida por ele na gestão do ex-governador Joaquim Roriz.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder