Procurador do município preso em Londrina

O meio político e jurídico de Londrina está em polvorosa com a prisão hoje pela manhã do procurador jurídico do município, Fidélis Cangussu. Ele foi preso durante uma ação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). Além de Cangussu, 15 pessoas foram detidas em operação que começou por volta das 5h da madrugada.
O motivo das detenções seriam irregularidades nas últimas contratações feitas na área da saúde, por meio de Oscips, os institutos Atlântico e Galatas. A suspeita envolve desvio de mais de R$ 300 milhões em recursos públicos e notas fiscais frias. Os detalhes da operação, porém, e a confirmação dos valores serão revelados ainda hoje.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder