Quatro candidatos disputam vaga de conselheiro

Embora seja frágil o argumento jurídico para anular a nomeação de Maurício Requião como conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, começou a corrida pela vaga. O consenso no meio político é que o indicado seja o chefe da Casa Civil, deputado estadual Durval Amaral (DEM). Causou surpresa nesse contexto a entrada no processo do procurador-geral do Estado, Ivan Bonilha, que protocolou na tarde desta segunda-feira a inscrição para a disputa a sétima vaga de conselheiro. Bonilha não foi o único a se inscrever. O contador do Ministério Público, Jorge Antônio de Souza, o advogado Tarso Cabral Violin e o procurador do MP, Gabriel Guy Léger, também estão na disputa. Já o favorito Durval Amaral, ainda não se inscreveu. Fontes ligados ao Palácio afirmam que ele estaria estudando a questão legal da anulação da nomeação para decidir se entra ou não nessa bola dividida.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder