PPS expulsa 32 e quer mandato de todos

Na preparação para as eleições de 2012, o PPS começou desde já a caça aos infiéis que podem atrapalhar o bom desempenho do partido nas urnas. O diretório nacional do PPS avaliou 171 processos e decidiu expulsar 32 filiados. Quatro são vice-prefeitos e um é prefeito. O restante são vereadores. De acordo com o presidente do PPS no Paraná, deputado federal Rubens Bueno, o desligamento ocorre por infidelidade partidária e o partido na sequência vai pedir o mandato de todos.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder