Sonho dos deputados com emendas acabou

Durou pouco a alegria dos parlamentares. O governo recuou e decidiu prorrogar por três meses o prazo para pagamento de emendas ao Orçamento feitas em 2009, os chamados “restos a pagar”. A base aliada estava eufórica que conseguiria a liberação dos recursos. A comissão de frente da base aliada é a que mais sofre e aguardava novos sinais do Planalto na direção de atender aos pedidos dos aliados.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder