Quem paga essa conta? MUDANÇAS NO ICS GERAM DESCONTENTAMENTO ENTRE OS SERVIDORES

O novo modelo de regulamento do Instituto Curitiba de Saúde (ICS), indicado pela Prefeitura de Curitiba, gera descontento entre os servidores. O pacote de mudanças inclui liberar o executivo para realizar reajustes nas tarifas pagas pelos colaboradores. Segundo a agência nacional de saúde suplementar, o ICS acumula um prejuízo de aproximadamente oito milhões, isso porque, não recebeu os recursos da prefeitura, pois a legislação brasileira não permite que os recursos do município sejam empregados em prol de uma população específica.
O fato é que o ICS é um Plano de Saúde dos servidores municipais e o seu financiamento é ônus de quem o usa, como em qualquer outro Plano de Saúde, ou seja, os mesmos servidores.
Se a contraprestação que estão pagando é insuficiente para manter o seu equilíbrio econômico/financeiro, eis que a conta atuarial não está fechando, como denuncia a ANS, existem dois caminhos: a) aumentar as contraprestações; c) liquidar a carteira e aguardar que algum outro plano privado a assuma.
O que não pode é mandar a conta para a viúva, ou seja, os curitibanos.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder