VOTAÇÃO PARA AMPLIAR FROTA DE TÁXIS SERÁ EM NOVEMBRO

A votação em segundo turno, da redação do projeto de lei que prevê critérios para a licitação dos serviços de táxis, em Curitiba, foi adiada nesta terça-feira (18) pelo vereador Jairo Marcelino (PSD), autor do projeto. Conforme declaração do vereador, houve acordo entre o líder do prefeito na Casa, João do Suco (PSDB), e o presidente da Comissão Especial dos Táxis, Jair Cézar (PSDB), na tomada da decisão.

Segundo o presidente da Comissão Jair Cézar (PSDB), neste período a comissão pretende dar continuidade ao trabalho de levantamento de dados e subsídios para estruturar o projeto. “Para que se efetive um resultado satisfatório a todas as partes, esperamos a coincidência do término do trabalho da comissão até o final da primeira quinzena de novembro”, acrescentou João do Suco.

Atualmente, a frota de táxi da capital é de 2.252 carros,que em comparação com outras capiatais brasileiras tem a sétima pior relação taxi/habitantes: um veículo para 778 pessoas.


Em São José dos Pinhais recentemente a Prefeitura ampliou a frota de taxi de 170 para 450 e atribuiu as novas placas para os motoristas chamados de “segundos”, ou seja, os que trabalhavam como empregados dos permissionários, em ordem de antiguidade.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder