Lupi desafia governo e diz que não teme perder Ministério

Cada dia complica mais a situação do ministro do Trabalho, Carlos Lupi, alvo de denúncias de irregularidades. Ele disse nesta segunda-feira estar “pronto para a luta”, um dia antes de seu partido, o PDT, realizar um encontro para decidir seu futuro. “Não temo perder o ministério. O PDT apoia o governo Dilma com ou sem ministérios”, disse Lupi “Estou pronto para a luta”, acrescentou. Segundo denúncias, Lupi teria voado em 2009 em uma aeronave providenciada pelo empresário e dirigente de organizações não-governamentais Adair Meira. Meses após o voo, uma ONG da qual Meira é dirigente firmou convênios com o Ministério do Trabalho. Antes disso, Lupi já vinha sofrendo bombardeio sobre a existência de um esquema de arrecadação de propinas junto a ONGs que têm convênios com a pasta. Os recursos obtidos seriam usados para abastecer o caixa do PDT, partido de cuja presidência Lupi está temporariamente afastado. Carlos Lupi chegou a cancelar a agenda marcada para Curitiba na semana passada por causa do fogo cruzado. Na agenda estava previsto evento do ministério e também reuniões políticas para tratar da candidatura de Gustavo Fruet a prefeitura de Curitiba.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder