Numa decisão inusitada, TJ condena jornalista americano

O jornalista norte-americano Joe Sharkey foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Paraná, na quinta-feira, a se retratar perante o povo brasileiro e a pagar uma multa de R$ 50 mil. Sharkey era passageiro do jato Legacy que, em 2006, se envolveu em um acidente com o voo 1907, da Gol, no qual 154 pessoas morreram.
Logo após o acidente, Sharkey escreveu uma série de artigos – alguns publicados no jornal New York Times, outros no blog pessoal – nos quais criticava a justiça brasileira, a mídia e as autoridades que investigaram o acidente.
O jornalista defende em seu blog que os pilotos do Legacy são inocentes. O processo foi movido pela presidente da Associação de Familiares e Ami gos das Vítimas do Voo 1907, Rosane Gutjhar. O marido dela foi uma das vítimas.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder