Vereadores aprovam arranha céu na Linha Verde

A Câmara de Vereadores de Curitiba aprovou nesta quinta-feira da Prefeitura de Curitiba para criar a Operação Urbana Consorciada da Linha Verde. O Executivo irá emitir títulos públicos de potencial construtivo na região da antiga BR-476, na Linha Verde, para serem vendidos na Bolsa de Valores. Na prática, q uem comprar esses papéis, chamados de Certificados de Potencial Adicional de Construção. Na prática, a avenida poderá ter prédios mais altos do que o zoneamento municipal permite, em alguns casos, o número de andares é ilimitado. A iniciativa foi do prefeito Luciano Ducci para criar na região um novo pólo de desenvolvimento na cidade, já que a Linha Verde é pouco habitada.  

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder