Férias esvaziam poderes

Não apenas o cidadão comum fechou estabelecimentos em férias coletivas ou esvaziou Curitiba para brigar por espaço nas areias do litoral, no Executivo, Legislativo e Judiciário, os gabinetes estão fechados ou com mesas vazias. No governo federal apenas um terço dos 38 ministros, ou seja 13, estão trabalhando normalmente neste início de ano. No governo do estado, muitos secretários também saíram de férias. De acordo com o governo do Paraná, os secretários são autônomos para decidir seu perío­­do de descanso no ano e, portanto, não precisam da autorização do governador Beto Richa (PSDB). Nas pastas em que o secretário está de férias, quem assumiu foi o diretor-geral. Em Brasília, Dilma vai estragar as férias de muita gente porque antecipou o retorno do descanso que passava na Bahia e que duraria até o dia 10, e deve voltar nesta quinta-feira a Brasília por causa dos últimos acidentes provocados pelas chuvas, principalmente em Minas Gerais.

31/12/2011

BRASÍLIA EM FÉRIAS

Como tudo para nessa época do ano, não seria diferente em Brasília. Dilma autorizou férias para mais cinco ministros. A decisão foi publicada na edição desta sexta-feira do ‘Diário Oficial da União’. A presidente Dilma Rousseff autorizou os ministros do Esporte, Aldo Rebelo; do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence; da Cultura, Ana de Hollanda; da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário; e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel; a tirar férias a partir de 2 de janeiro. Enquanto isso, a própria Dilma relaxa no período de duas semanas de férias na Bahia. Nesta sexta de virada de ano, as ministras do Planejamento, Miriam Belchior, e de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, também sairam para tirar 16 dias de férias.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder