Fraude das bombas mobiliza Beto e Ducci

O esquema de fraudes em bombas de combustíveis em Curitiba, onde o consumidor paga mas recebe quantidade menor de combustível no tanque do veículo, mexeu com o município e o estado. O prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, anunciou nesta terça-feira a cassação dos alvarás de licença dos postos de combustíveis que estão envolvendo com o esquema. Ducci determinou à Secretaria de Urbanismo a abertura de processo para a cassação dos alvarás de licença e garantiu ser rigoroso com quem está lesando os consumidores. Enquanto isso, o governador Beto Richa (PSDB) também se movimenta. Ele avisou que não vai tolerar possível conivência de servidores públicos na fraude e prometeu punir com rigor os funcionários que estiverem envolvidos no esquema. “Vamos investigar esta situação e agir com rapidez. Sendo confirmada, haverá demi ssão sumária. Sou intransigente com desvios de conduta e intolerante com a falta de ética. Se houver responsáveis, vamos punir de forma exemplar.” Cleber Onésio Alves Salazar, dono da empresa acusada de fraudar as bombas com controle remoto está preso em Piraquara

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder