MANTEGA DIZ QUE AEROPORTOS NÃO SERÃO PRIVATIZADOS

Segundo o ministro da Fazenda Guido Mantega, a possibilidade de privatizações de mais aeroportos está descartada. O ministro afirmou que o governo não pretende privatizar os aeroportos internacionais do Rio de Janeiro (Galeão-Tom Jobim) e de Confins, em Minas Gerais, e que não está em pauta a transferência de aeroportos regionais para estados e municípios. Tambem, conforme afirmou Mantega, os R$ 24,5 bilhões obtidos pelo governo no leilão de outorgas dos aeroportos de Brasília, Guarulhos e Campinas não serão utilizados para reforçar o superávit primário (economia de recursos que o governo faz para pagar os juros da dívida pública), mas sim para financiar investimentos em terminais aéreos do país nos próximos anos.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder