Professores imitam polícia civil

O governador Beto Richa (PSDB), assim como o aliado Luciano Ducci (PSB), enfrenta onda grevista. Depois do anúncio dos policiais civis, que ameaçam parar no carnaval com a recusa de aumento salarial de 20%, os professores das universidades estaduais do Paraná seguem o mesmo caminho e planejam parar no próximo dia 7. Eles preparam um ato público em Curitiba para cobrar do governo do estado a rediscussão da proposta de alteração do plano de carreiras da categoria e a revisão dos cortes dos recursos de custeio das universidades, ocorrido no início do ano. Caso as reivindicações não sejam aceitas, a greve pode começar no dia 14 de março.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder