EDUARDO CAMPOS PEDE PARA PSB NÃO DECIDIR AGORA SOBRE APOIO EM SP

Considerado uma peça importante na disputa eleitoral na cidade de São Paulo, tanto pelo PSDB quanto pelo PT, o governador Eduardo Campos (PE), presidente nacional do PSB, pediu aos correligionários para não decidirem nada sobre aliança naquela cidade, por pelo menos 30 dias. “Quem decide o futuro do PSB é o PSB (…) Este processo não se conclui antes de junho”, afirmou Campos. O governador também negou ter firmado acordo com a presidente Dilma Rousseff e com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, para que o PSB apoie Fernando Haddad (PT), ex-ministro da Educação e pré-candidato do PT à Prefeitura de São Paulo. “Não tem nenhuma decisão preestabelecida em relação a nenhum município. Nunca tratamos disso”, garantiu Campos.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder