LEI DA COPA

Após a visita de Joseph Blatter, presidente da Fifa, a presidente Dilma Rousseff convocou seus principais ministros e pediu prioridade na tramitação da Lei Geral da Copa no Congresso. Mesmo diante dos problemas com a base aliada, o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), líder do governo na Câmara, afirmou que tentará votar o texto nesta semana. “A questão central na visão do governo é que um país como o nosso não pode deixar de cumprir compromissos internacionais assumidos. Isso diz respeito à nação brasileira, e não a esse ou àquele governo”, disse Chinaglia. A venda de bebidas alcoólicas nas arenas é um dos compromissos firmados em junho de 2007 pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva e tem gerado controvérsias.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder