Paraná: Bibinho protocola habeas corpus

O ex-diretor-geral da Assembleia Legislativa do Paraná, Abib Miguel, tenta ficar livre nas próximas horas. Ele está preso desde terça-feira, acusado de tentar atrapalhar o andamento dos processos a que responde na Justiça. Mas o advogado Eurolino Sechinel dos Reis protocolou, nesta quinta-feira, um pedido de habeas corpus para Abib Miguel, conhecido como Bibinho. O pedido de prisão foi feito pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR) e acatado pela juíza Ângela Regina Ramina de Lucca, da 9.ª Vara Criminal de Curitiba. A defesa afirmou que a prisão foi “abusiva” e que o ex-diretor foi detido apenas porque recebeu algumas pessoas em seu escritório, no Centro Cívico de Curitiba.

06/03/2012

Deputados temem Bibinho

A prisão do ex-diretor-geral da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) Abib Miguel, conhecido como Bibinho, nesta terça-feira , deixou parlamentares em alerta. Da primeira vez que ficou preso havia temor de alguns deputados de  que Bibinho revelasse tudo o que sabe sobre os bastidores do poder. Agora, com a nova investida da Justiça e a pressão que sofrerá, o medo voltou a rondar parlamentares que acompanharam a trajetória de Bibinho. A justificativa do Ministério Público do Paraná (MP-PR) para a prisão é de que Bibinho estaria atrapalhando o andamento do processo a que responde na Justiça e, por isso, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) pediu a prisão p reventiva dele. Abib Miguel foi encaminhado para a sede do Gaeco, do MP-PR, em Curitiba. Ele foi preso saindo de um restaurante no Centro Cívico.
TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder