Curitiba: Vice será decisivo

Com uma eleição que tende ficar cada dia mais acirrada entre Fruet, Ratinho e Ducci, o papel dos vices está sendo visto com um peso acima do normal. No fim de semana, com os números da pesquisa, o governador Beto Richa (PSDB) preferiu não comentar o resultado e afirmou que o prefeito deve escolher o melhor. “Ainda não temos (nome). Acredito que o próprio prefeito poderá indicar o melhor nome para a chapa”, disse. Estão na briga para a vaga o deputado estadual Ney Leprevost (PSD), o ex-secretário da Habitação, Osmar Bertoldi (DEM), o deputado federal Fernando Francischini (PSDB) e o deputado estadual Mauro Moraes (PSDB).

Leia mais:

QUARTA-FEIRA, 4 DE ABRIL DE 2012

Bertoldi volta e quer ser vice

Na esperança de ser candidato a vice de Luciano Ducci, o deputado estadual Osmar Bertoldi reassumiu nesta quarta-feira seu mandato na Assembleia Legislativa. Ele pediu exoneração da Secretaria de Habitação de Curitiba para ficar solto caso o DEM indique o vice na chapa de Ducci. Para isso, teve que deixar a prefeitura, já que o prazo de desincompatibilização é 7 de abril, próximo sábado. Mas na briga para ser vice de Ducci, muitos são os interessados. O PSD quer indicar o deputado estadual Ney Leprevost, no PSDB, além do deputado federal Francischini, briga pela vaga,  o deputado estadual Mauro Moraes , fora o PPS de Rubens Bueno que corre por fora e o PMDB, que se vir a compor a aliança, certamente vai brigar pela vice. O deputado estadual Reinhold Stephanes Junior (PMDB) já se apresenta como pré-candidato. Além disso, não está descartada totalmente uma composição com Ratinho Junior (PSC).
TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder