JUSTIÇA INOCENTA DUCCI NO CASO DO PRTB


Conforme a decisão do  juiz Marcelo Wallbach Silva, do Tribunal Regional do Paraná (TRE), o pedido do PT, PMDB e outros partidos de envolver Luciano Ducci no caso PRTB das eleições de 2008 não procede. Membros do PRTB teriam recebido dinheiro em troca de apoio político e o dinheiro não teria sido declarado à Justiça Eleitoral. Na época Ducci era vice-prefeito de Beto Richa e concorria à reeleição. O PRTB havia escolhido apoiar o candidato Fábio Camargo (PTB), entretanto, alguns membros optaram por se aliar a Beto Richa. “Contudo, nenhuma prova foi produzida a caracterizar qualquer tipo de ligação do representado com tais fatos, o que, aliás, nem mesmo a parte representante conseguiu demonstrar minimamente, limitando-se, repise-se, a pleitear pela procedência do pedido inicial apenas como forma de se combater a corrupção de maneira genérica, sem apontar fatos específicos”, escreveu o juiz no despacho. O processo foi julgado na terça-feira (03) e cabe recurso à decisão. 

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder