PT pró Fruet ataca ala contrária

Os petistas que apoiam a candidatura de Gustavo Fruet (PDT) à prefeitura de Curitiba resolveram criar uma ofensiva mais agressiva para neutralizar a corrente do partido que não quer apoiar Fruet e defende candidatura própria. A chapa denominada “Uma aliança para mudar Curitiba” lançou um blog e um perfil no Facebook. De imediato, publicaram um manifesto de repúdio à ala do partido que quer candidato. Com palavras duras, a nota com certeza vai jogar mais gasolina na fogueira interna do PT, dividido em relação aos rumos do partido na eleição municipal de outubro. Confira alguns trechos do repúdio: “Vimos a público manifestar nossa indignação e nosso repúdio à forma destrutiva com que militantes de pensamento contrário ao nosso têm se posicionado na imprensa e por meio das redes sociais da internet para defender sua visão de organização partidária. Lamentamos o ponto em que chegou o debate interno de forças que divergem da avaliação que temos sobre a construção de uma aliança forte e competitiva em torno da candidatura do pedetista Gustavo Fruet, que nos remete à possibilidade concreta de vir a governar Curitiba e abrir espaço em nossa cidade para a promoção plena das políticas sociais do nosso governo federal, que tanto farão a diferença na qualidade de vida do povo curitibano, especialmente das camadas mais vulneráveis de nossa população”. Num outro trecho, o manifesto aponta como “ inaceitável que se confunda essa diversidade de ideias com a autofagia ou com a manifestação de ilações e de denúncias irresponsáveis, pois isso só serve à desconstrução do próprio PT – partido dos trabalhadores e das trabalhadoras -, à agressão e desqualificação de pessoas que se dedicam há décadas ao projeto coletivo e, em última análise, só favorece às forças de direita que querem ver nossa legenda enfraquecida e sem capacidade de liderar uma grande oposição ao grupo que se instalou há praticamente 30 anos no poder em Curitiba”. A nota também critica, sem citar nomes, os cabeças do movimento pró-candidatura própria- Tadeu Veneri e dr Rosinha. Sem sombra de dúvidas, a violência com que integrantes da chapa que defende a candidatura própria à prefeitura se manifestam só beneficia àqueles que querem atacar o PT e não contribui para fortalecer um projeto maior que é o que nos levou, com passos seguros e com muito discernimento, a virar a página da história depois de mais de 500 anos de exploração e a governar este país”.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder