Suco amargo do João muda tudo

Com a posse do novo presidente João do Suco (PSDB), na presidência da Câmara de Curitiba, o primeiro que caiu foi o diretor geral, braço direito de João Cláudio Derosso (PSDB). Sai o radialista e ex-vereador José Domingos e entra o administrador de empresas Vinícius José Bório, que é funcionário de carreira da Prefeitura de Curitiba há 21 anos. Pós-graduado em gestão de assuntos públicos, Bório já respondeu pela chefia do serviço de publicidade, foi coordenador técnico da administração das regionais do Bairro Novo e Pinheirinho, assessor da superintendência da Secretaria do Governo Municipal e coordenador administrativo da Secretaria do Governo Municipal, informa o site da Câmara. E mais: Suco anunciou o recadastramento dos servidores para evitar funcionários fantasmas, copiando o que foi feito na Assembleia Legislativa.

Leia mais:

SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MARÇO DE 2012
NOVIDADE: JOÃO DO SUCO QUER MUDAR A CÂMARA DE CURITIBA

O novo Presidente da Câmara de Vereadores de Curitiba foi o entrevistado do Jogo do Poder do último domingo e a conversa com o advogado Luiz Carlos da Rocha serviu para oferecer aos telespectadores as oportunidade de conhecer João do Suco, que revelou sua trajetória política e como um vereador de primeiro mandato já conseguiu ser líder do partido, numa bancada de 13 vereadores, líder do governo, numa base que chega a cerca de 25 vereadores, e Presidente da Casa.
A experiência de vida que João do Suco revelou já ter acumulado num dos bairros de Curitiba, onde surgiu como comerciante e também foi coordenador da regional da Prefeitura, moldou um político simpático, muito religioso e de muita conversa, que se diz ideologicamente de centro – nem de esquerda e nem de direita -. Nisso não há muita novidade, pois é como a grande maioria da classe política gosta de se identificar.
Mas João do Suco surpreende positivamente na medida em que se revela uma personalidade com um bom preparo administrativo e político, com vontade de melhorar intelectualmente – revelou que irá retomar os estudos de ciências políticas -, imbuído de boas intenções e critérios técnicos que poderão, de fato, se implementados conforme seu desejo, melhorar o legislativo municipal.
Se isso ocorrer, Curitiba terá uma novidade na política municipal, pois João do Suco, um lutador, poderá ir além na representação da imensa classe média dos bairros de Curitiba, com quem tem uma história de vida bastante comum.
É esperar para ver.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder