SENADO INDEFINIDO

A escolha do nome de quem irá presidir o Senado nos próximos dois anos caminha lentamente. A principio, tudo indica que o comando deve ficar com o PMDB, no entanto, a disputa interna está acirrada. A decisão deve ter o consentimento do atual presidente, José Sarney (PMDB-MA), de Romero Jucá (RR), que deixou a liderança do governo em março e de Renan Calheiros (AL), líder do partido, que, nos bastidores, manifesta a intenção de ocupar o cargo. Por hora, o Planalto sinaliza preferir Edison Lobão (MA), licenciado do Senado desde que assumiu o Ministério de Minas e Energia, em fevereiro de 2011. No entanto, os parlamentares não querem que o governo interfira na escolha.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder