BAIXA NA CAMPANHA DE DUCCI

O deputado federal Fernando Francischini, PSDB, não absorveu a escolha do também deputado federal Rubens Bueno, PPS, para a vice de Luciano Ducci, PSB, na disputa pela Prefeitura de Curitiba. Com a decisão o PSDB, que já havia aberto mão da cabeça da chapa, no episódio que deu origem a saída de Gustavo Fruet do Partido, e agora também abriu mão da vice. Francischini disputava a indicação e exteriorizou seu desconforto e até teria ameaçado deixar o partido e pegou mal no grupo político do governador Beto Richa (PSDB) a postura do deputado de anunciar que deixaria o partido no mesmo dia em que foi preterido na escolha como candidato a vice. Com isso, Francischini está sendo comparado a Gustavo Fruet (PDT), que saiu atirando nos tucanos por não ter conseguido ser o candidato a prefeito do grupo. Segundo gente do PSDB, a suposta instabilidade emocional de Francischini teria sido um dos motivos que pesou contra ele na lista de pretendentes a vice. E na avaliação do comando de campanha de Luciano Ducci, se Francischini cumprir a ameaça de deixar o PSDB será tratado como inimigo, a exemplo de Fruet. Francischini ameaça não só sair do partido, mas também mudar de lado e apoiar a campanha de Ratinho Junior (PSC). É consenso entre o comando da campanha do prefeito que o deputado federal Rubens Bueno (PPS) tem maior potencial eleitoral para a disputa e é o nome ideal para compor a chapa.

SEGUNDA-FEIRA, 25 DE JUNHO DE 2012

BUENO ACEITA VICE

O deputado federal Rubens Bueno (PPS) já disse sim ao convite do grupo do prefeito e governador, mas antes quer dar satistação ao partido. Ele conversa nesta terça-feira com a bancada do PPS na Câmara e com a  direção nacional do partido. O aval do diretório municipal ele já tem. Rubens Bueno tem função de destaque em Brasília, como líder da bancada do PPS na Câmara.

TERÇA-FEIRA, 19 DE JUNHO DE 2012

Leprevost ou Francischini

Na reta final das costuras para vice do prefeito Luciano Ducci (PSB) afunilam as opções. Rubens Bueno vai sendo descartado com a insistência da filha, vereadora Renata Bueno (PPS) querer ser candidata a prefeito, mesmo sem opções de alianças com outros partidos nem chances de vitória. O nome do vice do prefeito vai sair da dupla Ney Leprevost (PSD)- Fernando Francischini (PSDB). O tucano leva vantagem por ser do partido do governador Beto Richa. O próprio deputado federal Francischini tem dito aos mais próximos que já está na disputa.

Leia mais:

SEGUNDA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2012

Vice de Ducci escolhido

Está praticamente certo o nome do candidato a vice de Luciano Ducci (PSB), mas ainda está sendo guardado a sete chaves. Sabe-se que é homem público bem conhecido e grande puxador de votos. As dicas eliminam qualquer chance de ser uma mulher sem mandato ou experiência na vida pública, a exemplo das escolhas de Gustavo Fruet (PDT), com a petista advogada Miriam Gonçalves, de Ratinho Junior (PSC), com a possibilidade de ter a assistente social Elza Campos (PCdoB) na vice, e o PSTU com a educadora Mariane Siqueira, na chapa encabeçada por Avanilson Araújo.
TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder