TECNOLOGIA 4G SERÁ LICITADA

Começa nesta terça-feira (12) o primeiro leilão de faixas de frequência para a oferta da tecnologia 4G no Brasil, realizado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A tecnologia 4G proporcionará internet móvel com velocidade até dez vezes maior que a oferecida atualmente com a tecnologia 3G.
No entanto, a expectativa é que tanto os aparelhos, quanto os serviços devem ser mais caros no inicio. Participam do leilão, que também vai vender frequência para a oferta de telefonia móvel e internet na área rural, os grupos Claro, TIM, Oi, Vivo, Sky e Sunrise Telecomunicações, sendo que a Claro e a Tim se credenciaram com duas empresas cada.
O vencedor será quem apresentar o maior preço pela outorga de cada um deles. Caso todos os lotes sejam vendidos, a Anatel estima arrecadar cerca de R$ 3,85 bilhões com a licitação.

Leia mais:

TERÇA-FEIRA, 5 DE JUNHO DE 2012

EMPRESAS DE TELEFONIA ENTREGAM PROPOSTAS PARA LEILÃO 4G

Na  Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), em Brasília, as empresas TIM, Oi, Claro, Vivo, Sky e Sunrise foram as primeiras a entregar as propostas para o leilão de telefonia de quarta geração (4G). Os lotes somam o valor mínimo de R$ 3,8 bilhões. De acordo com  Bruno Ramos, superintendente de serviços privados da Anatel, as empresas devem apresentar 273 envelopes correspondentes a cada um dos lotes de faixas ofertadas. “Todos terão de entregar propostas para todas as faixas ainda que os envelopes possam estar vazios. Ou seja, nem eu nem ninguém saberá hoje em quais frequências cada empresa irá concorrer”, explicou Ramos. Dia 12 é a data marcada para os leilões da faixa de 2,5 gigahertz (GHz), voltada para a telefonia de quarta geração (4G), e da faixa de 450 megahertz (MHz), voltada para banda larga móvel rural.
TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder