Luiz de Carvalho: Preparação de Curitiba para a Copa foi assunto no Jogo do Poder

Rede hoteleira e obras de mobilidade urbana em Curitiba foram alguns dos assuntos abordados no Jogo do Poder Paraná que contou com a participação do secretário municipal da Copa 2014, Luiz de Carvalho. Sob o comando do advogado Luiz Carlos da Rocha a entrevista foi ao ar nesse domingo (15), às 23h, na Rede CNT.

“O projeto Copa do Mundo FIFA 2014 em Curitiba, é um projeto maravilhoso”, ressaltou Luiz de Carvalho, logo no início da entrevista. Segundo ele o projeto foi concebido de forma muito responsável, quando o Brasil ainda era candidato para ser sede do mundial.

Carvalho destacou que desde então foi “montado um planejamento juntamente com o IPPUC e outros organismos dentro da Prefeitura, para que a cidade pudesse deixar uma herança saudável e que os curitibanos pudessem lembrar da Copa do Mundo de forma alegre e festiva”.

Quando o assunto é responsabilidade, o secretário municipal da Copa 2014, Luiz de Carvalho, destacou que as prefeituras, que ficam na ponta, têm a participação tão importante quanto o Governo Federal. “A maior parte dos recursos recebidos pelo PAC da Copa são para obras de mobilidade”, ressaltou.

Jogos – “Na primeira fase todas as cidades-sede terão quatro jogos”, ressaltou Carvalho, que ressaltou ainda que os jogos das demais fases exigiam estádios com capacidade mínima de 60 mil lugares. “E esse não é o nosso caso. Nossa arena terá um conforto de 42 mil lugares”, comentou. Em Curitiba os jogos acontecerão nos dias 16, 20, 23 e 26 de junho. Serão 10 dias de movimento em Curitiba durante o evento.

Projetos – Perguntado sobre os projetos que serão consolidados, Carvalho enfatizou o SIM – Sistema Integrado de Monitoramento. “Esse projeto já está parcialmente em funcionamento e no ponto de vista da mobilidade ele terá grande reflexos nos próximos anos, seja no trânsito, na infraestrutura e, consequentemente, no transporte público”, disse.

“Os curitibanos que circulam em nossa cidade já observam os painéis com informações referentes ao trânsito de nossa cidade . Esse sistema será uma das grandes heranças que ficará para a mobilidade urbana de Curitiba”, disse o secretário, que destacou ainda que ao final da implantação do sistema haverá também a sincronização dos semáforos, tema de muita reclamação por parte dos curitibanos.

Obras  –
Outro projeto destacado pelo secretário foi o anel viário central. “Essa obra foi planejada pela gestão e já está praticamente concluída. Cerca de 80% já está finalizada”, comentou o secretário. “Quem sai do Boqueirão com sentido a Santa Cândida não precisa passar pelo centro da cidade”, exemplificou.

Além do anel viário outras intervenções que preparam a cidade para a Copa 2014 também foram destacadas pelo secretário Luiz de Carvalho, como a Linha Verde Sul, o Terminal Santa Cândida e o corredor Aeroporto/Rodoferroviária, que tem as obras do Viaduto Estaiado no cruzamento com a Francisco H. dos Santos. “Esse viaduto vai ser um grande instrumento de tráfego e de infraestrutura da nossa cidade”, destacou Carvalho, que ressaltou ainda, que além de uma importante obra esse viaduto também “irá se tornar um ícone turístico, assim como é o Jardim Botânico e o Parque do Alemão”.

De acordo com o secretário a administração foi bastante responsável quando não pensou em projetos mirabolantes. “Curitiba optou por projetos do ponto de vista pequenos, mas são projetos que vão complementar o que já existe em nossa cidade”, disse. Nossa cidade ficará muito mais confortável depois que essas obras ficarem prontas”, complementou.

Hotelaria – Segundo o secretário municipal da Copa 2014, a cidade de Curitiba possui uma das melhores hotelarias do Brasil. “A questão da hotelaria em Curitiba é fantástica”, disse. “São mais de 11 mil habitações localizadas em Curitiba e região. Essas habitações oferecem cerca de 20 mil leitos”, explicou o secretário, argumentado que será suficiente, uma vez que não haverá congressos e grandes eventos na época do mundial. “No dia 16 de junho será feriado em Curitiba”, comentou.

Fanfest –
Quem não tiver a oportunidade de ir até a arena o secretário explicou que as pessoas poderão  acompanhar os jogos no Parque Barigui, onde será realizado o Fanfest, evento organizado pela FIFA. “Lá serão realizados shows antes e depois dos jogos, e durante os jogos eles serão exibidos em telões”, explicou Carvalho.

Arena –  Sobre as obras na Arena da Baixada, o secretário comentou que ela é diferente das arenas das outras cidades-sede, pois não saiu totalmente do chão. “A arena possui obras complementares”, comentou o secretário ao explicar que “algumas instalações estão sendo adequadas as necessidades exigidas pela FIFA e outras construídas, como o vestiário e o fechamento do anel”.

Curitiba – Sobre a cidade de Curitiba, Carvalho destacou que após a copa a cidade vai ficar preparada para receber grandes eventos, sejam eles esportivos ou não. Carvalho falou ainda dos pontos turísticos da cidade, como os parques e bosques, ressaltando que a cidade possui um dos maiores índices de área verde por habitante do Brasil.  São 64,5m² de área verde por habitante. Outro destaque dado pelo secretário foi a gastronomia e o clima peculiar de Curitiba. “Tudo isso desperta o interesse dos turistas em conhecer a nossa cidade. São mais de 3 milhões de visitante por ano”.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder