REQUIÃO: DENÚNCIAS ANULADAS NO STJ NO CASO DE EX-EMPREGADA

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) anulou a denúncia criminal feita pelo Ministério Público Federal (MPF) à Justiça Federal contra cinco pessoas acusadas de envolvimento no caso da empregada doméstica da família do senador Roberto Requião (PMDB), que teria sido funcionária fantasma na Assembleia Legislativa do Paraná nos anos 2000 e 2001.
Todos os atos tomados desde 2006, quando a denúncia foi apresentada em juízo, foram anulados e a investigação terá de recomeçar praticamente do zero.
Com a decisão, é grande a possibilidade de prescrição da pena para os crimes apontados pelo MPF – formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e desvio de dinheiro público -.
O caso começou com uma denúncia do próprio Senador que, na ocasião, descobriu uma comunicação de restituição de imposto de renda da ex-empregada de sua mãe e levou o caso a público, revelando o fantasma.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder