No Paraná, vários candidatos pendurados

A juiza Jeane Carla Furlan, da 33ª Zona Eleitoral, acatou o pedido de impugnação da candidatura de Hussein Bakri à prefeitura de União da Vitória. A ação, ajuizada pelo também candidato Pedro Ivo Ilkiv, declara Hussein inelegível “em razão da rejeição de contas por decisão irrecorrível do órgão competente, em decorrência de irregularidades insanáveis que configuraram, em tese, atos dolosos de improbidade administrativa”. De acordo com o despacho da juiza publicado hoje, foi “indeferido o pedido de registro de candidatura da chapa para os cargos de prefeito e vice-prefeito da coligação EM BOAS MÃOS VAMOS VOLTAR para o Município de União da Vitória. O ex-prefeito de Almirante Tamandaré, Cezar Manfron, também teve sua candidatura para Vereador indeferida pela Justiça Eleitoral de Almirante Tamandaré, conforme sentença da Juíza da 171º Zona Eleitoral, Drª Ines Marchalek Zarpelon, que considerou Antonio Cezar Manfron de Barros está Inelegível até 2016. Os motivos da decisão são abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação social em 2008. Já em Londrina, a situação é inversa. O juiz da 41ª Zona Eleitoral de Londrina, Álvaro Rodrigues Junior, manteve o registro de candidatura do prefeito cassado Barbosa Neto (PDT), negando o pedido de anulação feito pelo Ministério Público Eleitoral. O magistrado entende que o prazo para pedido de impugnação já havia sido encerrado antes da perda de mandato do ex-prefeito, ocorrida no último dia 30 de julho. Ele afirma que a perda de direitos políticos só deve ser questionada, caso ele seja eleito, segundo informações da rádio Paiquerê AM.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder