Resumo das revistas da semana

Querem uma dica valiosa? Fiquem longe das bancas e das revistas semanais, que acabam de sair do forno sem nenhum apelo.
Época ainda se atreve a relacionar aqueles que se beneficiaram do Valerioduto e ficaram de fora do inquérito do mensalão, como o BMG e Romero Jucá, e traz entrevista meia boca do ex-deputado petista Antônio Biscaia atirando em Zé Dirceu, mas fica por aí. Em nota, Felipe Patury faz a incrível revelação de que está próxima a solução para a renovação das concessões do setor elétrico. A arte da engazopação em sua plenitude.
Veja traz a revelação fraca de que políticos de cidades pequenas passaram a “importar” eleitores de centros vizinhos, em troca de dinheiro, como forma de colher melhores resultados nas urnas. Com certeza as eleições municipais pelo Brasil escondem mal feitos muito mais graves do que este. Em generosas oito páginas, Veja ainda publica uma resenha pra lá de cansativa sobre o livro que Diogo Mainardi acaba de lançar. Dureza! Pior que isso, só a cobertura de Luiz Maklouf Carvalho sobre o mensalão. Istoé, desta vez, atira no vice de Serra que foi secretário da Educação de Kassab. Mais uma denúncia, porém, que morre ali, sem chances de repercussão.
Exame trás o mapa do que chama de NOVO CONSUMO, sustentando a tese de que, sozinho, o consumo não garantirá o crescimento sustentável do país, mas que seu poder de transformação não pode ser ignorado. Em apoio a tese apresenta um estudo que mostra que o gasto dos brasileiros vai dobrar até 2020 e que um novo mercado está surgido e que irá surpreender. A revista deita falação de apoio ao novo PAC da infra-estrutura, sustentando que o Governo está no caminho certo.
Sem mais por hoje, desejo um bom descanso a todos.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder