RELATÓRIO FINAL DA CPI DO CACHOEIRA DEVE SER DIVIDIDO EM TRÊS PARTES


Como o fim da CPI do Cachoeira se aproxima, os deputados governistas começam a articular o formato do relatório final. Segundo o deputado Paulo Teixeira (PT-SP), o relatório deve ser dividido em três partes. A primeira parte abordará o braço financeiro da organização criminosa chefiada pelo bicheiro Carlinhos Cachoeira, a qual usou a empresa Delta Construções para desviar recursos públicos. Na segunda será abordado o braço político da comissão, que resultou na cassação do ex-senador Demóstenes Torres (GO) e revelou o envolvimento de outros políticos com a organização. Por fim, a terceira parte, irá tratar da infiltração do esquema criminoso de Cachoeira no governo do Goiás, chefiado por Marconi Perillo (PSDB).

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder