A PARTIR DE HOJE ELEITOR NÃO PODE SER PRESO

De acordo com a determinação do último dia 22, que está no artigo 236 do Código Eleitoral, nenhum eleitor poderá ser preso ou detido a partir de hoje, terça-feira (2) e até 48 horas após o dia das eleições. O Tribunal Superior Eleitoral informa que, neste período, prisões só podem ser realizadas em casos de flagrante delito, em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável e por desrespeito a salvo-conduto.
TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder