CPI DO IBOPE

O IBOPE enfrenta não só as críticas pelos erros do primeiro turno – como a pesquisa de véspera e a boca de urna que colocou Luciano Ducci (PSB) na frente de Gustavo Fruet (PDT) – como pode ser alvo de investigação. A Assembleia Legislativa do Paraná começa a montar uma CPI para investigar os institutos de pesquisas no estado. Apelidada de “CPI do Ibope” já tem assinatura de 23 deputados. “O que o Ibope cometeu em algumas cidades foi um crime eleitoral. Não podemos aceitar e permitir que isso se repita”, afirmou o autor do requerimento, deputado Reni Pereira (PSB), eleito prefeito de Foz do Iguaçu. Ele foi uma das vítimas do Ibope, que na véspera da eleição o colocou 10 pontos atrás de Chico Brasileiro (PCdoB).

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder