ELEIÇÕES NO INTERIOR PEGAM FOGO

O segundo turno nas principais cidades do interior- Maringá, Londrina, Ponta Grossa e Cascavel – está pegando fogo e os candidatos disputam o segundo turno embolados. Nem os institutos de pesquisa arriscam apontar favoritos. Em Maringá, o último Ibope apontou empate técnico entre Carlos Pupin (PP) e Enio Verri (PT), que aparecem com 45% e 43%. Em Cascavel, pesquisa divulgada nesta segunda-feira pela Radar Inteligência/Gazeta do Paraná mostra outro empate: Edgar Bueno (PDT) com 46,7% e Professor Lemos, com 44,3%. Situação semelhante ocorre em Londrina, com Alexandre Kireeff (PSD) e Marcelo Belinati (PP). Com liderança folgada no primeiro turno e considerado praticamente eleito, Belinati acabou indo para o segundo turno e agora vê o crescimento de Kireeff. Em Ponta Grossa, Marcelo Rangel (PPS) esta atrás de Péricles de Mello (PT) mas tenta buscar votos para alcançar o petista. Péricles, por sua vez, decidiu buscar reforços de fora para sua campanha e reúne lideranças e imprensa nesta segunda-feira, 16 horas, para receber o apoio do ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Nesta última semana, os candidatos vão usar tudo que guardaram para a reta final- estratégias, denúncias, propaganda e pessoal.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder