CPI e cassação em Ponta Grossa

Complica a situação da vereadora que ficou famosa com u próprio falso sequestro. Um pedido de abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o falso sequestro da vereadora Ana Maria Branco de Holleben (PT) foi protocolado na tarde desta sexta-feira na Câmara de Vereadores em Ponta Grossa. O documento, que reúne a assinatura de 22 vereadores favoráveis à abertura da CPI, deve ser lido na primeira sessão ordinária da Câmara que acontece na segunda-feira.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder