SANEPAR: NÃO DE PESSUTI RECONDUZ GHIGNONE

A consequência do fracaso da tentativa de levar o ex-governador Orlando Pessuti para a Sanepar foi a recondução de Fernando Ghignone para reassumir a presidência da Sanepar, convite feito nesta terça-feira pelo Governador Beto Richa e imediatamente aceito.
Segundo a assessoria do Palácio Iguaçu, o presidente reconduzido vai coordenar os investimentos de R$ 1,5 bilhão da empresa para os próximos dois anos e Antônio Hallage, que foi designado para a operação tapa buraco com o afastamento de Ghignone, reassume a Diretoria Administrativa da empresa.
O fato revela que a manobra para atrair o PMDB para o governo restou parcialmente frustrada na medida em que Pessuti e parte das lideranças do partido ligadas a ele, entre elas o Senador Sérgio Souza, seguirão fiéis à aliança nacional com o PT e indica as dificuldades que o governador terá pela frente para ter o partido na sua campanha de reeleição.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder