Tarifa de Beto e Fruet na berlinda

O impasse em torno do preço da tarifa de transporte coletivo em Curitiba deve terminar nos próximos dias, quando o prefeito Gustavo Fruet (PDT) anuncia o valor do reajuste. A equipe de Fruet analisa os componentes que definem o preço, como o cálculo do aumento do diesel, de 5,4%, a correção mínima do salário dos trabalhadores do setor, que deve ser em torno de 6%, levando em consideração o Índice Nacional de Preços ao Consumidor. Na pauta está ainda a possível contratação de mais cobradores, já que a lei que coloca fim a dupla função de motoristas, que dirigem e cobram a passagem, vai entrar em vigor em março.
Uma das medidas que poderiam melhorar a tarifa é fim da função de cobradores com a adoção de cartão magnético para pagamento da passagem e de introdução de tecnologia embarcada no sistema.
Mas isso implica em enfrentar a corporação sindical.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder