Vereadora de PG com risco de cassação

A vereadora de Ponta Grossa, Ana Maria Branco de Holleben (PT), acusada de forjar o próprio seqüestro no início deste ano, pode perder a cadeira. O vereador Pascoal Adura (PMDB) protocolou nesta quinta-feira um documento na Câmara de Vereadores de Ponta Grossa, região dos Campos Gerais do Paraná, pedindo a cassação de mandato da colega de Casa por infringir artigos como ética e falta de decoro parlamentar.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder