Dilma e Campos juntos

A presidente Dilma Rousseff aproveitou cerimônia nesta segunda-feira em Pernambuco, para fazer um discurso de quase 50 minutos para enviar recados a seu provável adversário nas próximas eleições presidenciais, o governador Eduardo Campos (PSB-PE). “Nenhuma força política sozinha é capaz de dirigir esse país com essa complexidade. Precisamos de parceiros. Precisamos que esses parceiros sejam comprometidos com esse caminho”, disse a presidente. Dilma referiu-se ao governador de Pernambuco como “grande parceiro, extremamente respeitado pelo meu governo”, mas não o poupou de indiretas. Sem citar nomes, Dilma cobrou “compromissos políticos”. “Não podemos esquecer dos compromissos políticos que, ao longo da nossa vida, nós lutamos por eles”. Campos vem mantendo disposição de sair candidato a presidente. Quem torce pela ideia no Paraná é o ex-prefeito Luciano Ducci (PSB), que quer ser um dos coordenadores da campanha de Campos no Paraná.
Eduardo Campo não deixou de afagar referindo a Dilma como irmã e companheira.
Quem torce para um racha na base do governo Dilma tem que colocar as barbas de molho.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder