PSD diz não à Dilma, por enquanto

O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab jantou com a presidente Dilma Rousseff (PT) nesta quarta-feira no Palácio da Alvorada, mas a refeição foi meio indigesta para a petista.
É que Kassab deixou claro à Dilma que seu partido não vai integrar oficialmente o ministério antes da eleição de 2014. “Eu disse a ela, e a presidente compreendeu, que esta era uma decisão definitiva, oficial, e que reflete o desejo majoritário no partido”, disse o ex-prefeito de São Paulo.
Kassab ainda tem que superar questões internas que dificultam a oficialização da entrada do partido no Governo Federal, com cargos, e terá que amadurecer a idéia mais lentamente.
Porém, extra-oficialmente nada está a impedir que Kassabistas pulem dentro do barco do Governo Federal é provavelmente é o que acontecerá com o convite que Dilma pretende fazer para que o vice-governador de São Paulo, Guilherme Afif Domingues, ocupe o Ministério das Pequenas e Médias Empresas.
Afif aceitará um convite de natureza pessoal e o partido não se opõe, ao contrário, deverá até se sentir honrado de ver quadros seus valorizados em cargos importantes no Governo Federal.
Estará aberta a porteira para que em todos os estados do Brasil gente do PSD pule no barco.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder