BETO VOLTA A RECLAMAR DA FALTA DE APOIO DE DILMA

Richa anuncia R$ 15 bilhões
em projetos de infraestrutura

O governador Beto Richa quer apoio dos paranaenses para obter R$ 15 bilhões em recursos federais ou em parcerias público-privadas para obras de infraestrutura em gargalos como rodovias, ferrovias, portos e aeroportos.
No encontro, o secretário de Infraestrutura, José Richa Filho, disse que, nos últimos dois anos, o governo investiu mais de R$ 100 milhões na elaboração dos projetos.Pepe Richa destacou que o Estado já investiu nos quatro modais mais de R$ 2 bilhões em melhorias e em obras. Outra ação é a ampliação dos investimentos de obras no Anel de Integração, que já chegam a R$ 1,5 bilhão.
O Estado, disse Pepe Richa, está fazendo projetos executivos, no valor de R$ 62 milhões, para a criação de corredores rodoviários, para duplicar e implantar terceiras faixas em rodovias com grande fluxo de veículos, como a PR 445, PR 317, PR 323, PR 280 e PR 180, além de outros trechos rodoviárias. A estimativa é que os investimentos nestes corredores somem R$ 3 bilhões.
Ainda na melhoria da infraestrutura, estão programados mais R$ 34 milhões em investimentos nos aeroportos regionais e aplicação de recursos estaduais na desapropriação de área para a ampliação de aeroportos gerenciados pela Infraero, como o Afonso Pena, de Londrina, Foz do Iguaçu e de Cascavel.

“Há no nosso governo uma sinergia para trabalhar em conjunto. A dedicação está presente, mesmo com todas as dificuldades que encontramos pelo caminho, como é o caso da barreira criada pelo governo federal”, disse Richa na reunião do Fórum Permanente de Desenvolvimento, realizada hoje no Palácio Iguaçu.Com isso Richa volta a colocar na agenta política o tema dos investimento do Governo Federal no Parabá, sobre os quais o Ministro Paulo Bernardo falou quando esteve no Jogo do Poder Recentemente.

Veja o que Bernardo falou sobre Beto Richa – Sobre o Paraná, Paulo Bernardo voltou a afirmar que o Governador Beto Richa não está trabalhando como deveria, “vai toda hora para Foz do Iguaçu”, “faz festa”, e não vai a Brasília levar projetos que possam beneficiar o Paraná. O Ministro afirmou que os ministros do Paraná, que estão no Governo Dilma estão e sempre estiveram à disposição do Paraná, citando o exemplo do projeto do Metro de Curitiba – que só saiu por ação dos ministros – e da recente criação do TRF, mas que Beto não os utiliza.

Aqui no Paraná, o governo do Estado, o governo do Beto Richa, perdeu dois anos. Eles podiam ter feito projetos no primeiro ano e ter apresentado”, ressaltou o ministro. “Ele não trabalha, ele não faz o trabalho com a bancada, não vai atrás, não pede para os parlamentares brigarem. Não apresenta suas credenciais, seus projetos. Ele perdeu tempo e agora quer ganhar no grito”, comentou o ministro.
CLIQUE AQUIe assista o trecho da entrevista.
 
TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder