Richa muda de novo e propõe subsídio do diesel para 21 cidades

O governador Beto Richa encaminhou nesta segunda-feira, 15, novo projeto de lei a Assembleia Legislativa, ampliando para 21 cidades a isenção do ICMS do óleo diesel usado em transporte coletivo. A mensagem substitui o projeto em discussão no legislativo. 
Além de Curitiba e as cidades da rede integrada de transporte metropolitano, Richa vai ampliar o subsídio às cidades com mais de 140 mil moradores: Londrina, Maringá, Ponta Grossa, Cascavel, Foz do Iguaçu, Guarapuava e Paranaguá. “Estamos fazendo um esforço enorme para conceder esse subsídio para o transporte coletivo em 21 cidades, principalmente se formos levar em conta as perdas de R$ 1 bilhão impostas pelo governo federal ao estado do Paraná”, disse Richa.
O novo projeto exige que esse subsídio seja repassado para a população, através reduzindo assim os preços das passagens. Com essa medida, o Estado abre mão de uma receita anual de cerca de R$ 38 milhões.
O governo anunciou ainda o repasse de mais R$ 15 milhões para Curitiba, que completa o convênio em 7 de maio. No total a Rede Integrada de Transportes receberá R$ 31 milhões até maio. A partir dai, entrará em vigor a nova modalidade de subsídio, com a isenção de ICMS do óleo diesel.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder