Sindusfarma queria remédio mais caro

O governo autorizou nesta quinta-feira o reajuste de até 6,31% no preço dos medicamentos. Em 2012, o reajuste autorizado pelo governo para medicamentos vendidos em todo o país chegou a 5,85%. Apesar do aumento pesar no bolso da população e contribuir para aumentar a inflação, o sindicato da categoria, o Sindusfarma, critica que o reajuste foi pouco e prejudica as empresas, ao impedi-las de repor o aumento de custos de produção do período.

TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder